....Lu....

Rejestracja: 2010-10-28
Apaixonada!!!!
Punkty139Więcej
Do utrzymania poziomu: 
Ilość potrzebnych punktów: 61
Ostatnia gra
Bingo

Bingo

Bingo
7 godzin temu

Amigo Virtual

Quando eu perdi meu irmão...fiquei sem rumo...já havia perdido minha mãe 2 anos antes dessa passagem... eu tinha uma amiga de jogo aqui do Gamedesire...no exato momento... eu nem sabia que meu irmão estava doente até receber a notícia...eu sem trabalhar pois já estava em tratamento... passando bons bobocados e me deparando com uma ligação que dizia...seu irmão foi internado Lu...aqui quem está falando é o amigo dele PQD... naquele momento eu entendi no ato que meu irmão estava partindo...me dezesperei...e essa amiga tão distante e tão mais próxima do que podíamos imaginar... me ajudou de todas as maneiras, foi tão presente em minha vida....pq NADA É POR ACASO. Ela foi ímpar, presente em pensamentos e todos os momentos da minha vida..sofreu comigo a perda do meu irmão... segurou a minha mão sem me tocar e me deu seu colo... chorei por muito tempo nele... Deus a colocou na minha vida pra que eu tivesse naquele momento o seu acalanto.. passei por muitas outras coisas, ela sempre ali comigo. Hoje, nos falamos muito pouco, mas ela está presente sempre em minhas orações... aproveito esse espaço e faço essa homenagem a minha AMIGA ... Ferrari61... que continues sendo abençoada... te agradeço....te amoooooo!!!!n36.110.gif

Como ser um amigo verdadeiro.


UM AMIGO DE VERDADE



Hoje, lembrei de você.
Lembrei dos momentos juntos,
Dos momentos ausentes,
Das conversas ao vento,

Sinto falta…
Da tua doce voz.
do teu sorriso belo e franco…
da tua mão segurando a minha
quando  escorria o meu pranto.

Onde estás amigo?
Em que Estrela ou dimensão te encontras?
Quero revê-lo… toca-lo… repousar em teu colo…
voltar a dizer baixinho, só para você…
Te amo, amigo meu!

 

Elza Portugal




Amizade!!!!

Soneto do amigo

Enfim, depois de tanto erro passado 
Tantas retaliações, tanto perigo 
Eis que ressurge noutro o velho amigo 
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado 
Com olhos que contêm o olhar antigo 
Sempre comigo um pouco atribulado 
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano 
Sabendo se mover e comover 
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica...

  1. Vinicius de Moraes