Icehot

 
Rejestracja: 2010-06-20
Ser louco é natural em um mundo onde normais se portam com anormalidade.
Punkty108Więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 92
Ostatnia gra

Deus ou religião.

Como tudo na vida tem sua prioridade qualifico essa exatamente na ordem do título, Deus. Mas o que tem haver o paradoxo acima? Se toda religião possui um Deus, e Deus vem associado a quaisquer religião como figura máxima,onipotente, incontestável e absoluta. De fato é sim, pois não venho questionar a existência de Deus ou pregar o ateísmo; mas... Até quando a religião ''educa'' o homem? Educação para mim são princípios, valores e no mais que tudo ordem de convivência além de autosufiência, sendo que sem duas das últimas ficaria impossível sofrer, digo viver em sociedade. O que uma religião prega absolutismo em valores , crenças nem sempre comprovadas, privação da liberdade humana, além de desprezo a quaisquer outra visão. Religiosos em sua grande maioria são fanáticos, cegos, se acham os donos da verdade, julgam impuros quem não seguem sua doutrina, e ainda ousam falar o nome do poderosissímo em vão. Se Deus é perfeito ele é indiferente já dizia Filipe Ret. A Igreja e seus fantoches hoje em dia não passam mais do que artistas ocultos entranhados por trás da cortina da mídia. Se o assunto é casamento gay a igreja sempre tem que deixar sua opinião, o mesmo se refere a legalização das drogas e ao aborto. Não quanto a isso, se o capitalismo fosse um motor de automóvel, compararia a Igreja como uma vela, ou seja ela não move a massa capitalista, mas indiretamente o influencia, não precisa pensar muito para saber disso. Não esqueçam que o Vaticano não é uma zona religiosa como de fato deveria ser e sim um estado, comandado pelo Papa, que assume postura política quando requisitado, ou seja fala o que não deve, ouve o desnecessário e afirma o desprezível.

Deus sempre existiu, mas a religião é a escravidão não abolida do séc XX e XXI.