Icehot

 
Rejestracja: 2010-06-20
Ser louco é natural em um mundo onde normais se portam com anormalidade.
Punkty88Więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 112
Ostatnia gra

Deus ou religião.

Como tudo na vida tem sua prioridade qualifico essa exatamente na ordem do título, Deus. Mas o que tem haver o paradoxo acima? Se toda religião possui um Deus, e Deus vem associado a quaisquer religião como figura máxima,onipotente, incontestável e absoluta. De fato é sim, pois não venho questionar a existência de Deus ou pregar o ateísmo; mas... Até quando a religião ''educa'' o homem? Educação para mim são princípios, valores e no mais que tudo ordem de convivência além de autosufiência, sendo que sem duas das últimas ficaria impossível sofrer, digo viver em sociedade. O que uma religião prega absolutismo em valores , crenças nem sempre comprovadas, privação da liberdade humana, além de desprezo a quaisquer outra visão. Religiosos em sua grande maioria são fanáticos, cegos, se acham os donos da verdade, julgam impuros quem não seguem sua doutrina, e ainda ousam falar o nome do poderosissímo em vão. Se Deus é perfeito ele é indiferente já dizia Filipe Ret. A Igreja e seus fantoches hoje em dia não passam mais do que artistas ocultos entranhados por trás da cortina da mídia. Se o assunto é casamento gay a igreja sempre tem que deixar sua opinião, o mesmo se refere a legalização das drogas e ao aborto. Não quanto a isso, se o capitalismo fosse um motor de automóvel, compararia a Igreja como uma vela, ou seja ela não move a massa capitalista, mas indiretamente o influencia, não precisa pensar muito para saber disso. Não esqueçam que o Vaticano não é uma zona religiosa como de fato deveria ser e sim um estado, comandado pelo Papa, que assume postura política quando requisitado, ou seja fala o que não deve, ouve o desnecessário e afirma o desprezível.

Deus sempre existiu, mas a religião é a escravidão não abolida do séc XX e XXI.


A arte de amar.

Qualifico os seres humanos tão quanto somente eles e mais nenhum outro tipo de vida racional ou não, como artistas quando se tratam do amor. O amor do ser humano é muito mais uma necessidade de suprir sua própria carência seja ela momentânea ou vital. O homem é uma síntese do duvidoso do incerto, do não esclarecido, não se trata de defeito ou qualidade e sim de característica. Não existe essa de que o fim de um relacionamento é culpa dele, dela de ambos, ou de quem quer que seja. Culpa é uma palavra tão sortida e encrustada no ser humano que chega a ser imoral apontá-la como fator precipitante ou determinante para algo, o amor não foge a regra.

Não digo que não amamos, amamos sim nossos filhos, pais talvez por que os primeiros depositamos esperanças de quem não podemos ser no ciclo da vida e os segundos por servirem de espelho, contribuição moral esta que vale muito mais do que educação, mas isso é discussão para outro texto. A reposta simples para a dúvida que questiona a dádiva é obsoleta, o homem não tem condições, digo ego o suficiente para aceitar a si mesmo quem dirá a outro que não só na aparência é semelhante? Talvez a nossa racionalidade seja incompatível como o verbo amar....


No Brooklin - SABOTAGE

Olhe por mais um nessa terra, Senhor do Bonfim
Sem ter medo de colar, cheguei no sapatinho
Trabalhador ladrão irá se divertir
Sou Sabotage há tempos que Jesus pede assim, por que não?

Mais uma vez esse conselho sim vou seguir, mais uma vez esse conselho eu vim pra seguir,
Há muito tempo esse conselho eu venho buscando e é de Deus que eu preciso pra seguir.

No Brooklin lembrei, sim, foram varias leis, mil veneno, sofrimento passado ali dentro
Por ali tudo mudou, mas eu não posso moscar
O que é aquilo? Lá vem tiro, é os pilantra, se pá
Submundo do subúrbio faz vitima em tudo
Fuzil na mão dominado mão alguém gritou sujou
Nessas horas amarelou merece uma pa de soco
Por dar brecha, dexar guela ou morar na favela
Uia! Espera ai o Helião citou o cicatriz
Irmãozinho na moral na humilde age no crime
Dando escassez querem rir do meu fim pode vir, não vou fugir, estou aqui, sou assim, por que não?

Mais uma vez esse conselho eu vim pra seguir, mais uma vez esse conselho sim vou seguir, á muito tempo esse conselho eu venho buscando e é de Deus que eu preciso pra seguir.

Zona sul, no Brooklin aprendi viver,
E o respeito de um por um, faz a paz prevalecer.

Ah, Senhor (é), pedir a Deus outra vez a razão, não vou ficar imóvel, irmão
Quem me tirou vou embaçar, eu não devo, eu não cagueto pra pipoca querer me tira
Mas aí, senti firmeza ao ver o Xis grava, que puta salve, na moral, os caras corre atrás
Isto nos leva a crer: o rapper tem poder, várias histórias do planeta chegam pra você
Canto pra loucos que me entendem, estou aqui, sou assim, se falto louco a gente mesmo acende, então
Fogo na bomba o Miquimba disse anteriormente, três tragadas, solta o preso e corre o back aí

Mais uma vez esse conselho irmão, vou seguir, mais uma vez esse conselho sim, vou seguir, á muito tempo esse conselho eu venho buscando e é de Deus que eu preciso pra seguir.
Mais uma vez esse conselho sim, vou seguir, mais uma vez esse conselho eu tenho que seguir, á muito tempo esse conselho eu venho buscando e é de Deus que eu preciso pra seguir.

Zona sul, no Brooklin aprendi viver,
E o respeito de um por um, faz a paz prevalecer

À essas horas nem vem com historinhas implórias, ou seja, histórias implórias que não estão na memória
Eu deixo um salve das ruas da sul, para a sua ladrão
É que o dinheiro nunca compre sua postura
Então breve, estou registrando e nunca esquece.
Por isso meu vacilo, o Gambé, nunca espere.
Vê se me esquece, sai fora, desaparece, Deus é poderoso e nós todos protege.
HOU! Rappin Hood, família sempre se ilude, discute
Troca, boatos rolam, logo surgirá
Os disse me disse, e o Cachorrão, sério mesmo, ta longe do crime.
Há muito tempo ele me disse "a quebrada é embaçada,
Tem homem revistando homem, forjando de monte".
Na Espraiadas lá na Conde
Ali quem eles cata é óbvio que embaça
O Pedra, a Lina e o Casca caíram em cilada
De vez em quando a lei vai lá pra nos atrapalhar
Choque, borrachada, bala perdida, coronhada
Cotidiano violento na favela da Espraiadas
Quem tem sorte é forte enfrenta treta, cata
Em plena praça se pá, presenciei não imaginava
Truta só selo no Itaú da rua Alba
Agência desossada, PM acionada, celular na mão do zé povinho viro uma arma
Que loco, sufoco, o malote ta com o troco, pipoco
Agora é cada um por si e Deus por todos
A meio corpo eu vejo um gordo enfiando bala
Pra ser mar claro parou de AR-15 aquela barca
Impressionante cena cinematográfica central de Santo Amaro Brooklin sul, o tempo não para
Não tem desculpa, só tem disputa
País que viva luta, se vem das ruas, pergunta curta
Se liga, Juca, favela pede paz, lazer, cultura
Inteligência, não muvuca
Rap é compromisso esse é meu hino que me mantém vivo
Então que seje breve e considere isso
Branco e preto pobre não dão sorte contra o meritíssimo
Então vai arriscar se errar tá perdido
tipo um portador do vírus magoado esquecido
Sem minha mãe, sem meu irmão, só meus filhos
Por que do lado de lá da sul fica esquisito e pra prova, ladrão, o rap é compromisso
Pra uns pode até ser pra maioria num é viagem
Favela do canão Brooklin, Sabotage

Humildade me faz correria traz a paz
Se puxa um beque somente num satisfaz
Se embaixo do pontilhão na Espraiada eu vejo ali a molecada
Quem puxa um beque, não come nada, escuta um rap, da uma paulada, os homem enquadra ta na chuva... Chuva vem pra molhar.

Zona sul, no Brooklin aprendi viver
E o respeito de um por um, faz a paz prevalecer.


Xará e Shaw - Além da Razão / RAP

Além da razão...
Paredes narram círculos nas plantações
Alarmes disparam, os carros param
"assalamu alaikum" eles saudaram
Luzes tomam vidas mãos afagam
Mas os calos falam.
Ódio segue eu sei o mal que ele me faz
Viu Hamas, as FARC sei no que eles são iguais
Fabula do antraz, M.E.C. o novo reich
Tanto celebraram a paz que eles não se entregam mais
O Iraque cheira gás para de câo
Que além da razão vem ganância e ele cobiçou
E também soube ter, demandou pra pretender
Tamagotchi foi e eu demorei pra ver
Que eles sempre querem mais e ainda podem ter
Aramaico, alemão, árabe vão dizer
Que alma é transcender vida é prosperar
Sonho é pra envolver, morte é se calar

Refrão

Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Deixa a pele arder até o sol passar
A mente se expandir, se aguçar
Tudo que faltou viver volta a amar
Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Só não se perder o chão ta no lugar
Tudo que faltou viver volta a amar

Se a vida segue além da razão ...
Tudo bem eu também ouço vozes
Vejo vultos mas não tem ninguém
Dias sem dormir as imagens vem
Além da razão vi minha mãe logo quem
Eu tava bem sem até a angustia vir
O dia me ensinou a noite eu aprendi
Como é pra relevar, ver chegar, ver partir
Caminhar sem chorar, sem sair, sem sorrir
Oscilar sem mentir sempre aí sem pensar
Refletir contemplou só de olhar demoro
Que hoje eu li João 3:16 e não adianta amor
No hurricane eu aprendi qual senhor do tempo eu sou
Mas também me vi sozinho
Vi que o sofrimento faz parte do caminho
Toda culpa pra esquecer o tempo dissipou
Tem mente pra julgar e mãos de delator

Refrão

Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Deixa a pele arder até o sol passar
A mente se expandir, se aguçar
Tudo que faltou viver volta a amar
Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Só não se perder o chão ta no lugar
Tudo que faltou viver volta a amar

Shawlin

Se o mundo anda além da razão ...

Eles perderam as rédeas
E eu só observo essa comédia
Nego é um matando o outro
Almejando uma classe média
É a coisa é séria
Que mais prolifera miséria
Espera até a bomba do Iran ficar pronta pra tirar férias
Cultura do ódio
Qualquer coisa pra ta no pódio
Tipo ficar de patrão, senão atrapalhar é óbvio
Me faz ver que os mais malucos hoje em dia são os mais sóbrios
Pois os sóbrios estão malucos
E sempre que eles podem são injustos
Mesmo valendo um milhão não valem um puto
Existem os que não fazem e os que fazem contra
Se entupindo de salmão deixa o povo pagar a conta
Eles se encontram além da razão
Fazem isso pro bem da razão
Cê não preciso de nada além da ração?
Você não vê que é uma enganação?
Nem mesmo uma indagação?
Eu acho que esse é o lado ruim da nação

Refrão

Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Deixa a pele arder até o sol passar
A mente se expandir, se aguçar
Tudo que faltou viver volta a amar
Resta tu saber irmão, pra que chorar?
Só não se perder o chão ta no lugar
Tudo que faltou viver volta a amar

Além da razão....


Projota - Rato de Quermesse / RAP

Pra você dar pra ela o que ela quer
Você tem que saber o que ela quer
Mulher, seu sonho é ter um maloqueiro, né?!
(ééééééé) Muito prazer sou maloqueiro... é! (2x)

Vagabundo das quermesse vem gosto de clichê
Blusa e Staff de ladrão razão das mina mexer
Nunca tive mas mesmo assim sempre mandei bem
antes do nome elas perguntam quanto que se tem

Ela vai contra o pai a mãe quer zuar
Quer ter um neguim de estilo, cola que to lá
De braço cruzado com tênis furado, na sola
Silver tape chei de palmilha mais macio que os doze mola

Se quer ver, a vida pela fresta da janela?
Engordando a barriga e afinando as canela
Parando na subida e dando ré na banguela
Pagando de gatinho andando com as cadela

No lauzane eu vejo as preta vim
Pena que nenhuma olha pra mim
Elas diz que até sou bunitim
Sou simpatiquim só faltou o dim

Eu sei que elas não qué andar de bus e van
Mas se for só descida, eu levo de rolimã
Qué me pregar valor pelo que eu tenho na carteira?
Se depender de mim vai se locomover só de rabeira

Mas muita calma nem tudo é só lamento
Se acha uma pá de vida num pedaço de escremento
Então respeita quem eu sou, respeita meu lugar
Tem bactéria que nasce na bosta e pode te matar
(VAI)

Pra você dar pra ela o que ela quer
Você tem que saber o que ela quer
Mulher, seu sonho é ter um maloqueiro, né?!
(ééééééé) Muito prazer sou maloqueiro... é! (2x)

E hoje tem quermesse no Peri, na rua 2
Liga os loco pra ver quem quer ir, que eu vou depois
Voadão porque hoje vai ter mulher de monte
Mas antes vou colar no esquema com a loirinha de ontem

Vejo os neguim descendo de CG chamando um grau
Vejo as mina querendo mexer que é natural
Porque hoje os pivete de 12 tem mobilete
Acelera nas avenida as piriguete de 10 se derrete

Pros rico: pobre bom é o que emagrece e morre
Pros pobre: rico bom é o que dorme e não corre
Pra mim é perda de tempo reforma agrária
Se é pra dividir... divide direto nas contas bancária

Que eu vou ver nossas preta passar
E uma delas vai parar pra olhar
Vou sorrir e vou dizer "vem cá!"
'to sem carro mas tenho pé pra andar

Deus me deu duas pernas que é pra poder caminhar
Me deu inteligência pra poder raciocinar
Me deu maloqueiragem que é pra saber me virar
Se não me deu dinheiro é que não vou precisar

Quando eu nasci
Deus bateu no peito e sorriu
Quando me viu rimando disse "é isso memu, tio!"
É serio pô, ele apertou minha mão
Virou meu boné pro lado e disse "fi, mó satisfação"

Pra você dar pra ela o que ela quer
Você tem que saber o que ela quer
Mulher, seu sonho é ter um maloqueiro, né?!
(ééééééé) Muito prazer sou maloqueiro... é! (2x)

 

.............................