Zaya

 
Rejestracja: 2012-09-10
tutu pão?
Punkty49Więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 151
Ostatnia gra
Bilard 8 - 2009

Bilard 8 - 2009

Bilard 8 - 2009
2 lat 14 dni temu

Camões, Pero Vaz de Caminha e o surgimento do trio elétrico ( Vale a pena ler) rsrs

Cabral descobriu o Brasil no caminho pras Índias. É isso que nos contam na escola. Mas, na verdade, ele seguiu tão cegamente o GPS da nau dele que nem percebeu que a ordem era “vire à direita no Oceano Índico” e não “Vire à direita no Oceano Atlântico”. Pegou a saída errada e bateu cá, no caribe baiano.

Chegou aqui todo prosa, com roupas pesadas e plumas, comendo charque estragado e arrotando Pasteizinhos de Belém pra cima dos nativos, que também eram todos orgulhosos, com bilaus de fora, comendo mandioca e arrotando carne de Paca.

Gostou do lugar e resolveu ficar, arranjou uma índia pra cuidar dele, tirou o chapéu de capitão e abriu uma casa de sucos e açaí. Também deixou crescer uns dreads, virou mestre capoeirista e andava de meias na praia pois não gostava da areia entre os dedos.

Depois de um bom tempo, num rompante de lucidez, lembrou que tinha que relatar a viagem e o “achado” pra seus patrocinadores: o rei da Espanha e a Apple. Pegou o primeiro barco e se pirulitou pra Europa, onde maquiou um pouco a descoberta, pra parecer mais heróico e pra tentar evitar o turismo de massa dos gringos nos nordeste.

Não adiantou muito.

Pouco depois, hordas de ônibus, transatlânticos e turistas estavam desembarcando em Porto Seguro pra comemorarem a formatura.

Enquanto Cabral ia pra Europa, fazer a prestação de contas com o Rei da Espanha, Pero Vaz de Caminha ficou administrando a vila e a sua Peixaria. Mas o Caminha gostava mesmo era de escrever e ler literatura. Escamas e entranhas de peixes não eram sua paixão.

Resolveu então, numa sexta de Carnaval, sair pelas ruas de Salvador numa carroça, recitando Camões e Paulo Coelho. No primeiro dia o Sarau Ambulante foi um sucesso, varias pessoas seguiam a carroça recitando em voz alta os trechos mais famosos:

“Verdes são os campos, De cor de limão: Assim são os olhos Do meu coração.”

“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o Mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.”

Tiveram até que demarcar com fitas e seguranças, quem podia ficar logo atrás da carroça (onde dava pra ouvir melhor o Caminha) e que ficava mais pra trás, onde não se ouvia muita coisa, mas a festa era mais animada.

No segundo dia, pra atrair mais pessoas, o Caminha chamou uma galera que tocava tambores no ritmo dos decassílabos de Os Lusíadas. Foi um blockbuster instantâneo. Mas não pelos versos ou pela capacidade de recitar do Caminha, e sim pelo ritmo.

Pouco a pouco os tambores foram tomando a frente da carroça e relegando o Pero Vaz à função de cocheiro.

De repente tinha até um berimbau e uma sanfona acompanhando os tambores. Vararam a madrugada a caminhar pela Praça Castro Alves ouvindo a música.

Pero Vaz, pra tentar acabar com o mafuá que tinha virado o seu Sarau Literário, voltou correndo pra peixaria, pegou umas enguias elétricas gordas e tentou espantar o povo no choque. Pra desespero dele, isso só os fez ficarem mais alucinados e acordados. Tentou então eletrocutar os músicos, jogando enguias neles. Não deu certo, só fez o volume aumentar.

E assim nasceu o Trio Elétrico, como ficou conhecida a bandinha eletrocutada por Caminha, composta por uns gringos que ali aportaram para a bagunça: Noel Redding, Mitch Mitchell e um tal Jimi Hendrix.


NECROFILIA

 

Te querer não me convém
Mas o que é que você tem
Que, se eu for sincero,
Admitirei que te quero?

Seria talvez o teu sorriso
Feito de dentes cor de granizo?
Ou os teus cabelos, tão pretos
E teus lábios, imóveis e perfeitos?

Não é possível que digas que não
E nem me assusta se não bate
O teu coração

Tão esmagadora é minha solidão
Que ficarei contente com o frio
Mesmo no verão


Homens leiam !

As mulheres que mais irão marcar a sua vida são as CHATAS. Também chamadas de loucas, ciumentas, bipolares, confusas, esquisitas. As chatas te ligam de madrugada cobrando algo que você fez na semana passada, elas brigam cont igo, olham feio para a mulherada que ta em volta de você, as chatas fazem cara feia, batem o pé, fazem bico, batem boca contigo sem pensar nas consequências e ... principalmente são ciumentas... Mas vou te perguntar uma coisa: Quem não gosta de se sentir desejado?! Uma mulher que não te procura ou não esta nem aí para você, ou tem medo de te perder e prefere fingir que não viu ou ouviu nada, logo elas NÃO TEM IDENTIDADE! As chatas podem incomodar, mas estão ali do seu lado em qualquer situação, não ligam para sua conta bancária ou quantos carros tem na garagem, elas te cercam tanto que não deixam que nada de ruim se aproxime de você.. Elas podem ter seus defeitos mas fazem tudo para ser perfeitas, NÃO pedem desculpas e são marrentas, porém, se trata-las bem, são as pessoas mais doces que irá conhecer... Então valorize aquela mulher que bate o pé, xinga, teima, porque essa mulher sim esta dando valor para o que você é!    

"Vinte e Nove" - Legião Urbana

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=76NrRqvtyEc


Bom dia *-*

E sabe porque sou vitoriosa? Porque eu nunca me acomodei para nada, nunca sentei e esperei minha vida passar sem participar dela. Sempre corri atrás, sempre dei o melhor de mim e JAMAIS aceitei menos do que mereço ter.