brasileirinha.

 
Rejestracja: 2012-03-27
O machado era de Assis. A rosa, do Guimarães. A bandeira, do Manuel. Mas feliz mesmo era o Jorge, que era amado.
Punkty154więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 46
Ostatnia gra
Bilard 8 - 2009

Bilard 8 - 2009

Bilard 8 - 2009
3 lat 283 dni temu

VOA BAIANINHA ...VOA!


voa-baianinha.jpg
Eis o retrato das minhas emoções em excitante viagem em companhia das palavras. Escrever por vezes me faz liberar a mesma adrenalina de um passeio em montanhas russas gigantes,e por outras, traz-me o aconchego que só o barulho melódico e calmo das ondas do mar sobre as rochas sabe proporcionar.
Existe no entanto, algo que preciso confessar a vocês: rimava e apostava na métrica. Um dia um poeta, , disse-me algo que mudou completamente o rumo dos meus versos: a frase que ele falou parecia que estava guardada em algum cantinho do universo esperando por mim e eu por ela. E a poesia por nós duas. Daquele dia em diante, soltei as rédeas da imaginação, e a deixei embrenhar-se por terras longínquas da existência, ao ponto mais sutil do existir.
E passei a escavar a terra, o ar, a água e o fogo, farejando a poesia ali reclusa. Depois de tudo,ousei derramá-la livre no meu papel...
A frase?
“Amarra essas palavrinhas no pé, e VOA BAIANINHA... VOA!”
Voei, estou voando...

0cc8eb13a7b7000adce3e18aa0870a19.gif

https://www.youtube.com/watch?v=3KwpaD-qJ98

MORRA FELIZ

 
tumblr_o95914e6761r7a0d2o1_500.gif
Não guardo nem dinheiro, vou guardar rancor  para quê?
Não guardo nem ouro, vou guardar mágoas para quê?
Não guardo fortuna, vou guardar desejos de vingança para quê?

Guardar raiva, ressentimento, mágoas, tristezas, ódio e desejo de vingança, inimizade, notícias ruins; geram sofrimentos e abreviam nossos dias de felicidade.

Melhor ser feliz e morrer feliz. Ir e vir feliz. Vai e volta feliz.

Guardar coisa ruim para quê?

Para nossa infelicidade ou felicidade?

Vamos guardar e irradiar o amor, a bondade, o bem querer, a boa amizade, o amigo, o nosso bom exemplo,  a homenagem, o reconhecimento, para ser usado em nosso favor.

Guardar a maldade, amargura e a intriga para ser cadáver de poucos amigos? Nem pensar! Nascemos para construir o Paraíso terrestre.

O apego é terrível!

Existem cadáveres que ficam com o semblante infeliz, feio, horripilante, com o rosto de infelicidade e de sofrimento.

Existem outros que parecem estar satisfeitos, felizes,  com seus rostos serenos e plenos.

Seja,  meu amigo,  muito feliz ou muito  infeliz. Você pode escolher o seu viver, fazer opções e escolhas, ampliar seus conhecimentos e manifestar sua gratidão.

Vivo ou morto seja feliz, abrace o bem viver, com o estado de espírito feliz, grato e satisfeito  com o mundo e com a vida feliz.

Não trapacear, não mentir, não julgar, não cultivar o ódio e suplantar o amor à vida vogam muito mais hoje.

Vamos guardar o que é bom e belo.
Vamos guardar os momentos felizes.
Vamos guardar os momentos em que rimos e somos felizes.
Vamos fazer boas recordações; e ter boas vivências.

Veja o semblante do cadáver...
Veja se ele estava feliz com sua partida  ou desesperado com o apego, com a vingança que não pode concretizar.
Veja se ele estava de mau humor com a vida, resmungando, lamuriando e reclamando.

Seja Feliz e não deixe a gratidão e o perdão passarem à  quilômetros de distancia de sua pessoa; da porta de sua casa ou do seu coração, nem do seu caminhar hoje ou do caminho da eternidade.

Guardar sentimentos ruins para quê? Para quem?

Não queira morrer amargurado, ranzinzo, melancólico, infeliz, com o rosto cheio de sofrimento. Aqui é só alegria. Por isso, vamos varrer do nosso coração e mente todo o mal.

Seja muito feliz ou infeliz.
Há tempo para decidir.
Guardar rancor para quê?
Decida-se pelo bem.

O resultado do que fazemos; que praticamos, o bem que não omitimos,  nos aguardam  mais adiante, porque nessa ou em outras vidas o que importa é ser feliz.
                                                     João de Paula

Homenagem o meu grande amigo "morrafeliz"
https://www.youtube.com/watch?v=Kk7vm_wiIS8
f6f8b1cb14e627a455d3f1e8d346029f.gif
                        tumblr_inline_nonhogWzby1qd3cf7_500.gif


Preciso de Alguem

tumblr_static_tumblr_static_1cda010syllw44ko8s84ck480_640.gif
Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
E, ainda que não compreenda, respeite os meus sentimentos.
Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado;
alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odiá-lo por isso.
Nesse mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nessa coisa misteriosa, desacreditada, quase impossível: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida. Mesmo que isto seja muito pouco para suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo" e ria muito.
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher meu Amigo. E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela.
https://www.youtube.com/watch?v=OXW9Dg4x2II

5da16d78c01523a4a02d19123f42d429.jpg



Simplesmente Mulher

image.jpg

Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. 
Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta. 
Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor. 
Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso. 
Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes. 
Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. 
Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida. 
Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''
Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize. 
Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire. 
Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso. 
Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.
https://www.youtube.com/watch?v=UznwPpQCx14
  
 74171eb33b8812bdb4139aacddce33f1.gif          

                            85b86b3dc6a88c1bb9a7423aa1ceb817.jpg