laeroc

 
Rejestracja: 2009-01-18
https://mensedificantes.blogspot.com/2019/06/sua-ultima-chance.html
Punkty128więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 72
Ostatnia gra

Analogia

Vou fazer uma analogia, quem é inteligente entenderá:Há cerca de 15 anos meu vizinho se casou com uma moça pobre e financiou uma casa no nome dela. Todos pensaram que ele deu uma casa à ela.Foi nas lojas de móveis e mobiliou a casa toda, parcelando a compra em 60 meses no nome da esposa. Todos pensaram que ele mobiliou a casa pra ela.Ele ia no mercado e fazia uma farta compra no cartão de crédito da esposa. A mesa e a geladeira estavam sempre cheias. Todos pensaram que ele alimentava ela.Ele a levava em viagens caríssimas, parcelando os passeios em boletos no nome dela. Todos pensaram que ele fez "pobre andar de avião"."Nossa, que bom marido!" diziam.Um amigo dele certa vez estava precisando comprar um carro, então ele tirou dinheiro da poupança da esposa e deu pro amigo.
Todos que viam pensavam: "nossa, além de bom marido é um bom amigo!"Depois de um certo tempo eles se separaram e a esposa ficou com a dívida da casa, dos móveis, do mercado, do cartão de crédito, das viagens e ainda sem o dinheiro da poupança. Após um tempo da separação, descobriram que ele era estelionatário, foi preso e hoje, depois de cumprir uma parte da pena, está solto novamente. Ele quer voltar para a ex-esposa mas os bons amigos dela dizem pra ela não cometer essa loucura, pois a má-fase que ela vive hoje é reflexo direto das más ações e das irresponsabilidades que ele cometeu no passado.Os amigos maldosos (ou ignorantes) aconselham ela a voltar pra ele, pois na época que eles estavam juntos havia fartura, geladeira cheia, casa, carro, viagens, etc.Pior: ao que tudo indica ela está pensando em aceitá-lo de volta. Ela crê que talvez ele não destrua a vida dela novamente.Pra bom entendedor…


PORQUÊ SOFREMOS?


Estamos constantemente nos perguntando o porquê nós ou aqueles que amamos sofrerem? 
Deus é onipotente, amável, onipresente, fiel, cauteloso, tardio em irar-se, longânimo, benevolente, confiável e inteiramenteamoroso e misericordioso. Então porque Ele permite que venhamossofrer?  Ou porque que as guerras e chacinas são deflagradas em todo o mundo?
Não se preocupe! Não é só você que faz essa pergunta. Todos, por maiscrédulos que sejam ou pareçam já se perguntaram o mesmo em alguma parte de suas vidas. E ao mesmotempo que a resposta é difícil de ser dada, é difícil também de ser compreendida. Mas alguns pontos merecem nossa análise:
1) Temos livre arbítrio para agir da forma que quisermos. Deus criou osseres humanos, e tudo o que há, dentro de uma esfera de liberdade. Nossamaior função na criação de Deus é sermos seres que se relacionam com Ele de forma racional. Temos a opção de amá-lo ou não. A única diferença é que Deus concentra em si toda a felicidade que existe, e não escolhe-lo nos leva a caminhos de trevas. Masmesmo assim a opção de não amá-lo está disponível para uso, por todos.
Seria fácil se Deus pegasse no nosso braço e nos obrigasse a fazer o que é ocerto a ser feito em determinados momentos, mas isso nos transformarianão em filhos mas sim em marionetes.
E não foi pra isso que fomos gerados.Um amor que advém de uma imposição não é amor, é condição.Deus nos dá a chance de escolher amá-lo, e por isso Ele não se entromete nas nossas escolhas, deixando-nos livres para tazer aquilo que quisermos,democraticamente. Ele pode até agir em nossas vidas, mas teremos semprea opção de escolhermos. Alternativas sempre nos serão mostradas.
2) Podemos escolher como agir, mas não escolhemos as consequências desses atos. E essas consequências atingem não só a nós, mas aquelesque nos rodeiam, de forma direta ou indireta. Nada está isolado no mundo.E o risco é pra todos. Não há uma só pessoa que esteja a salvo de algo. Omal está na fome de miseráveis na África, em Subúrbios, em boates queincendeiam, ou até mesmo em prédios luxuosos, como o World Trade Center,que são pegos de surpresa em atentados terroristas. Nós dirigimos nossos veículos por nós e pelos outros que guiam de forma imprudente, trabalhamos por nós e pelos ladrõesque roubam nosso patrimônio, da mesma forma que vivemos por nós e pelos outros que nos afetam negativamente com seus atos. E do mesmo modo afetamos aqueles que nos rodeiam. É tudo uma cadeia, um sistema regrado de ação e reação. E é por isso que inocentes sofrem: e a culpa não é de Deus, é sempre de todos nós.
3) Um mundo com roteiro pré-escrito seria um tédio. Nāo teria graça algumase nós não pudéssemos alterar o rumo de nossa história. Deus não destinouum narcótico a morrer nas drogas, nem um mendigo a virar um empresáriobem sucedido. Nossos fins são frutos de nossas escolhas, como já expliqueinos tópicos anteriores. O que Deus faz é apenas nos auxiliar e protegerdurante a caminhada, mas o pontapé inicial é sempre nosso. Por isso, inicial é sempre muitas vezes o mal nos chega ou chega aos nossos mais próximos como simples consequências daquiloque escolhemos pra nós.
4) Deus não manda o mal para nossas vidas, nós é que o encontramos. Éclaro que Deus pode evitar, e Ele assim o faz quando acha justo e pertinente, de acordo com seus propósitos, mas Ele também permite que aprendamos com nossos erros, e assim venhamos nos aperfeiçoar. Se você olhar por outro lado, verá que na verdade esses atos de Deus não demonstram que Ele não nos ama, mas ao contrário: Ele tem por nós o mesmo cuidado de um Pai, que ama seu filho e deseja que ele aprenda com seus atos e ande comsuas próprias pernas.  Conclui-se, portanto, que o mal advém não de Deus, mas dos nossos maus atos e pensamentos. E que Deus permite que soframos para que a lei de ação-reaçãonão seja quebrada, e assim venhamos responder por aquilo que escolhemospra nós, sendo isso fruto de uma liberdade dada por Deus. 
Não é descaso, é amor. Não estamos presos a um mundo mal, estamos, antes, livres de forma plena para agirmos conformeentendermos, sem esquecer jamais que o menor dos toques que damos na nossa vida tomam proporçõesinimagináveis na vida de todos aqueles que nos cercam, como uma gota que toca a superfície do lago e gera ondas gigantescas. 
Nesse mundo, existe mal não porque Deus não exista, mas sim porque em muitos casos as pessoasagem como se Ele não existisse.


Não tenha medo da morte

Por causa do pecado, a morte é uma palavra associada à perda, sofrimento e dor. Mas há uma revelação da morte muito mais profunda, que traz esperança para aqueles que depositaram sua fé na promessa de Deus, por meio do sacrifício de Jesus.
“Disse-lhe Jesus: ‘Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente.’” (João 11:25-26)
Estas palavras de Jesus foram ditas a Marta e Maria, quando seu irmão Lázaro já estava no sepulcro, morto há quatro dias. “Jesus venceu o espírito da morte e tem nas mãos as chaves da morte e do inferno”.
“Não tenha medo da morte, mas tenha medo de não viver a vida que Jesus te oferece hoje”, “Jesus tem poder sobre a vida e a morte e lembra Marta e Maria: ‘Eu estou aqui e comigo a morte não é morte, e a vida na Terra não é a vida verdadeira. Eu tenho uma vida que não cessa jamais, eu tenho o poder da ressurreição’”.
Enquanto todos estavam em luto pela morte de Lázaro, Jesus disse: “Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou até lá para acordá-lo” (João 11:11). Ele explica que é desta forma que o Deus da ressurreição encara a morte. 
“Quando Jesus voltar, todos os mortos ressuscitarão. Essa é a promessa da vida eterna”.
Origem da vida
O homem foi criado como um ser trino: formado com corpo, alma e espírito. A Criação é a missão de Deus para a humanidade.
“Quando Deus soprou vida sobre o homem no Éden, Adão e Eva foram feitos alma vivente. Com o sopro divino, eles receberam vida e Deus deu poder para que eles manifestassem a vida de Deus na Terra”, explica. “A missão do homem, criado à imagem e semelhança de Deus, é trazer a presença de Deus para a Terra.”
“O que dá vida ao corpo, e nos transforma em alma vivente, é o Espírito, é a partícula de Deus em nós”. “A vida é o próprio Deus”.
O homem foi criado para viver eternamente, mas após a queda no Éden, o pecado entrou na humanidade e, como fruto disso, houve morte. Mas se por Adão houve morte, pelo sacrifício de Jesus Cristo há vida para todos aqueles que creem.
Para isso, no entanto, é preciso nascer de novo. “Toda pessoa que está na Terra e está desconectada de Deus, já está morta. No Éden, o homem se desconectou de Deus, mas Jesus veio reconectar o homem a Deus”.
Como receber a salvação?
No texto bíblico de Romanos 10:9-10, diz: “Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação.”


NOTICIA IMPORTANTE

119942535_660291958254770_976229862897571069_n.jpg120048760_660291898254776_7515464823360414108_n.jpg

O Relógio do Clima iniciou a contagem regressiva para uma crise climática global, com um total de 7 anos, 102 dias e 12 horas restantes.
Este relógio é uma forma de alertar os governos do mundo sobre a crise climática que está se agravando.
O Relógio do Clima, inaugurado neste sábado no Union Square Metronome de Nova York e é o primeiro de uma série que será instalada em diferentes cidades do mundo, permanecerá apenas durante a Semana do Clima.
“O relógio nos diz que devemos agir agora. Temos pouco mais de 7 anos para conseguir uma transição fundamental do nosso sistema energético para evitar que a temperatura suba 1,5 graus, que os cientistas estabeleceram como um ponto sem volta "diz Gan Golan, um ativista do clima.
Caso o mundo ultrapasse 1,5 grau, as chances de parar o aquecimento e as catástrofes climáticas serão quase nulas.

Em janeiro de 2021 será decidido no Forum econômico mundial, um grande reset mundial. Isso acontecendo. Não vai ter mais internet, TVS, Não vai mais ter energia étrica, e com isso não vai ter mais água tratada.
Neste grande reset quando acontecer, não vai mais ser extraído petróleo, então os carros vão deixar de circular, a não ser que você tenha um carro elétrico, os caminhões vão deixar de circular por falta de combustivel, assim sendo, os mercados não funcionarão, não vai ter mais caminhões de lixo, banheirose etc, etc, etc.

O nosso calendário é errado, Israel completa 73 anos OFICIALMENTE em 30 de Novembro de 2020, Jesus disse que esta geração não passará antes que tudo isso aconteça. Uma geração é de 70 anos. Esta geração começou em 1948 quando Israel se tornou um país.
A, mas já se passaram 73 anos então não fecha!!
Salmo 90:10 diz: A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos. 

O mundo já está passando pela canseira e enfado amados

 Está na hora de escolhermos um lado, o tempo dos anjos caído oficialmente termina nas Festa das Trombetas de 2027 quando encerra a grande tribulação segundo meus cálculos, Cristo Jesus não vai permitir esses seres usarem 1 segundo do seu reinado Milenar, então tudo se encerra antes pois os dias serão abreviados, o fim chegou amados irmãos e irmãs em Cristo, verdadeiramente, em 2017 começou a separação dos crentes verdadeiros e dos não verdadeiros, durante esta pandemia com os decretos dos prefeitos e governadores, vi que muitos irmãos sumiram. Deus queira que estejam em outra igreja senão, não vão perceber o reinado do anti-cristo, com isso eles vão cair no engano e mentira do maligno. 
 
A palavra diz que vai haver uma apostasia
1Tim 4:1 diz:
MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios. 
Por isso eu creio que nós crentes só não passaremos pela grande tribulação porque vamos apostatar e os que não apostatar irão morrer por não negar o nosso Senhor e Salvador.

PERGUNTA
Você estás preparado para entregar sua vida por amor a Jesus, o Messias? Responda para você mesmo, só Jesus conhece seu coração, não tenha medo, nem se desespere, mas se alegre, independente do que sofrermos, no final, o nosso SALVADOR estará nos esperando de braços abertos com um lindo sorriso em seu rosto, sentiremos medo, pavor, choraremos, gritaremos, muitos serão presos, passaremos fome, sede e o sol vai queimar nossa pele, mas o Messias estará com cada um de nós, ele venceu o Mundo, nós também venceremos, mesmo que custe nossa vida, fiquem todo na graça e na paz do Senhor e não o negue jamais.

Aulinha básica de ECONOMIA para leigos:

119219452_167737744970454_2045080189617998767_o.jpg?_nc_cat=1&_nc_sid=8bfeb9&_nc_ohc=Cs6gpHdql_YAX8dDGmA&_nc_ht=scontent.fpoa1-1.fna&oh=ee3a9433e5b38d67c31cf04ab7db21f2&oe=5F85541E
Quando o valor do dólar aumenta, significa que a nossa moeda está potencialmente desvalorizada e que, por conta disso, os produtos para exportação ficam muito mais baratos!
Consequentemente, os outros países, que querem aproveitar o preço baixo, aumentam bastante as compras dos nossos produtos.
Se mais produtos são comprados pelo exterior, acaba sobrando pouco para o consumo interno, o que gera alta nos valores desses produtos.
Por isso que a carne está caríssima e os outros itens da cesta básica também estão!
Os países estão comprando quantidades absurdas e estão deixando a gente com pouco!
Outro fator que comprova essa desvalorização da moeda é a criação de notas de maior valor.
Sempre que isso acontece, significa que a nossa moeda está tão desvalorizada que vai ser necessária uma circulação de valores muito mais altos para fazer suas compras.
Daí, para facilitar as transações, você tem a "comodidade" de poder usar poucas notas.
Quando o quilo da carne está saindo por R$ 50, por exemplo, é mais fácil pagar dois quilos com uma nota de R$ 200 do que com dez notas de R$ 10. O que significa que R$ 10 já pode ser considerado pouquíssimo dinheiro e que R$ 200 não compra tanta coisa assim!
Perceba que há dez anos, você comprava muito mais coisas com R$ 50 do que hoje.
Aquela era uma época de alta valorização da nossa moeda e que nós mesmos tínhamos condições de comprar os nossos produtos, o que gerava fartura.
Os mais antigos devem se lembrar dos Cruzeiros. Nesta época, que nossa moeda era completamente desvalorizada, tinha nota de 1000 cruzeiros, e alimentos simples chegavam a custar 800 cruzeiros.
A desvalorização da moeda quebra a economia! É por isso que o PIB está baixo, os preços estão caros, as notas altas estão surgindo (ou voltando) e a inflação está descontrolada.
Ao contrário do que tem sido usado como argumento para justificar, a Pandemia não tem nada a ver com isso!
Afinal, ninguém parou de comer durante a quarentena (grande parte das pessoas até passou a comer bem mais!).
A Pandemia também afetou o mundo todo! E se a maior parte está importando nossos produtos, quer dizer que a economia por lá está controlada.
Agora eu te faço duas perguntas:
1) O salário mínimo vai aumentar o suficiente para conseguirmos comprar os alimentos essenciais? Nãaaaaooo!!
2) A quantidade de pessoas que passa fome vai aumentar por conta disso? Siiiimmm!!
O está acontecendo no nosso país é falta de gestão econômica!
E quem paga a conta?
Isso mesmo, o povo!