celium

Rejestracja: 2010-06-29
Punkty669więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 331
Ostatnia gra
Buraco Classic

Buraco Classic

Buraco Classic
12 godziny temu

NATAL

Natal . . . Natal . . .Uma palavra tão simples, tão pequena, que traz em si um significado tão grande, imenso, não apenas para os cristãos, que celebram o nascimento do Menino Jesus, mas para todos nós, independente de nossa religião, porque o Natal vai muito além dessa comemoração. Ele há que ser o renascimento de nossos melhores valores, de nossas melhores qualidades, onde festejamos sim, o nascimento de Jesus Menino, mas principalmente temos que celebrar o nascimento, dentro de nós, de tudo aquilo que é pregado como sentimento de alegria, de humildade, de felicidade, de humanidade, de amizade, de esperança, de conceitos familiares e porque não, de cidadania? Neste natal minha família está menor, está me faltando alguns saudosos entes queridos, que já se foram de nosso meio, mas que ainda residem em nossos corações, que mesmo cheio de alegria, sinto essa tristeza por suas ausências. Eram sempre motivo de nos unirmos cada vez mais. Falta-me ainda um de meus filhos, que não poderá estar presente comigo neste momento e isso faz meu coração se apertar, parecer agredido, pequeno, quando eu mais o queria grande, imenso e recheado de alegrias. Falta-me amigos, até mesmo virtuais, mas que aprendi admirá-los e ama-los. Transformar esse sentimento tão íntimo, em total alegria e sorriso, é algo fora do alcance humano. Mas nosso Deus nos faz também fortes, não apenas felizes, mas fortes o suficiente para ultrapassarmos esses momentos, na esperança de chegarmos a momentos ainda mais felizes, mais alegres. Neste Natal, minha missão é transformar esses sentimentos entristecedores, em sentimentos de alegria, mesmo com lágrimas nos olhos, poder sorrir, abraçar e cumprimentar a quem nos fez e faz companhia, a quem nos tolerou com nossas presenças e nossos descontroles, a quem nos recebeu com apreensão ou com alegria, enfim, a todos que conviveram conosco. Àqueles que Deus não permitiu estarem comigo neste Natal, saudosamente os abraço, peço e dou a benção, pois se Deus assim quis, nele confio a guarda e a proteção dessas pessoas tão queridas e tão amadas, e a ele agradeço por estar aqui e ainda ter tantas pessoas amadas ao meu redor.
Desejo a todos Feliz Natal, com as bênçãos dos Céus.


"FELIZ ANO NOVO - Reflexões"


Fim de Ano, Início de Ano, momento bom pra festejar, abraçar amigos, cantar e cantarolar, deitar e rolar, enfim... SER FELIZ.

Também é momento de refletirmos sobre tudo que passou, que na verdade não passou, pois continua dentro de nós. Momento de pensarmos no futuro, no que virá pela frente. Muitos dizem “recomeçar”. Passagem de ano não é recomeço, é uma continuidade. Se fosse recomeço, reiniciaríamos o mesmo ano, o que realmente não ocorre, pois iniciamos um novo ano, em uma contagem sequencial. Então, o que podemos fazer em termos de “recomeçar”, é pensarmos sobre o que aconteceu até então e programarmos, aludindo ao que virá pela frente. Daí, sugiro pensamentos que nos estimule a refletirmos sobre algumas situações que possam ocorrer em nossas vidas, desejando a todos “Feliz Ano Novo”.


NATAL

Natal . . . Natal . . .Uma palavra tão simples, tão pequena, que traz em si um significado tão grande, imenso, não apenas para os cristãos, que celebram o nascimento do Menino Jesus, mas para todos nós, independente de nossa religião, porque o Natal vai muito além dessa comemoração. Ele há que ser o renascimento de nossos melhores valores, de nossas melhores qualidades, onde festejamos sim, o nascimento de Jesus Menino, mas principalmente temos que celebrar o nascimento, dentro de nós, de tudo aquilo que é pregado como sentimento de alegria, de humildade, de felicidade, de humanidade, de amizade, de esperança, de conceitos familiares e porque não, de cidadania? Neste natal minha família está menor, está me faltando alguns saudosos entes queridos, que já se foram de nosso meio, mas que ainda residem em nossos corações, que mesmo cheio de alegria, sinto essa tristeza por suas ausências. Eram sempre motivo de nos unirmos cada vez mais. Falta-me ainda um de meus filhos, que não poderá estar presente comigo neste momento e isso faz meu coração se apertar, parecer agredido, pequeno, quando eu mais o queria grande, imenso e recheado de alegrias. Falta-me amigos, até mesmo virtuais, mas que aprendi admirá-los e ama-los. Transformar esse sentimento tão íntimo, em total alegria e sorriso, é algo fora do alcance humano. Mas nosso Deus nos faz também fortes, não apenas felizes, mas fortes o suficiente para ultrapassarmos esses momentos, na esperança de chegarmos a momentos ainda mais felizes, mais alegres. Neste Natal, minha missão é transformar esses sentimentos entristecedores, em sentimentos de alegria, mesmo com lágrimas nos olhos, poder sorrir, abraçar e cumprimentar a quem nos fez e faz companhia, a quem nos tolerou com nossas presenças e nossos descontroles, a quem nos recebeu com apreensão ou com alegria, enfim, a todos que conviveram conosco. Àqueles que Deus não permitiu estarem comigo neste Natal, saudosamente os abraço, peço e dou a benção, pois se Deus assim quis, nele confio a guarda e a proteção dessas pessoas tão queridas e tão amadas, e a ele agradeço por estar aqui e ainda ter tantas pessoas amadas ao meu redor.
Desejo a todos Feliz Natal, com as bênçãos dos Céus.


DATAS COMEMORATIVAS - PÁSCOA

Nos manter escravos do calendário, cativos das famosas "datas comemorativas" é uma das maiores estratégias do capitalismo.    Neste domingo estaremos comemorando a páscoa e muitos de nós já deve ter comprado ou está pensando no que vai dar a filhos, sobrinhos, netos, a toda criançada neste dia, sobretudo se você é daqueles que não mede sacrifícios para agradar seus rebentos, quer que seus pimpolhos tenham tudo o que você não teve...     Muitos de nós procuramos dar tudo o que os filhos querem, mas quantas vezes paramos para refletir se estamos lhes dando o que precisam? Reparamos que o filho de Fulano é cheio de vontades, o filho de Ciclano é muito mimado, o de Beltrano é mal educado, o do outro não tem limites... E nós? Estamos cuidando para não incorrermos nesses mesmos erros?  A vida moderna vai nos empurrando para a coisificação das relações familiares, onde damos muito das coisas e pouco de nós. Absorvidos pelos nossos “inadiáveis” afazeres. Inconscientemente (ou não), vamos "empurrando com a barriga" a criação dos filhos: há quanto tempo não paramos para conversar? Quem são os amigos? Com quem andam? Quando foi mesmo que visitamos a escola pela última vez? No dia da matrícula? Acho que não, mas não me lembro ...     Sem perceber vamos tornando-nos meros coadjuvantes, mantenedores... Quando acordamos, nos deparamos com os desconhecidos e queridos filhinhos.     Não é raro vermos jovens que sempre tiveram tudo o que quiseram, se tornarem pessoas desprovidas de ética, respeito ao próximo, amor, cidadania e cada vez mais necessária politização. Egoístas e egocêntricos, acham que "os fins (sempre) justificam os meios".     Não estou aqui sugerindo que não se dê presentes, que se ignore tais datas comemorativas, até porque elas também tem seu lado bom. Mas que estejamos muito atentos, que sejamos mais conscientes, consequentes e sensatos. Refletindo bem, antes de fazer o "possível e o impossível", "colocar o chapéu onde a mão não alcança", gastar o que não se tem... ...     Assustei-me quando vi no face book o comparativo do mesmo tipo de chocolate, em formato de ovo de páscoa e em formato de barra, mesma marca e peso, única diferença era o formato e claro, o preço: O em forma de ovo custando 5 vezes mais que o de formato de barra. Isso não me fez pensar em economia, me fez aprofundar muito mais na análise do que seria o capitalismo, a convivência familiar, chegando a avaliar até mesmo os conceitos que temos de toda a parafernália que nos é apresentada como forma de autossustentar-se.     Se em tudo que formos analisar, pudermos levar em conta o ser humano, acho que este sim, é o grande valor, o verdadeiro presente de páscoa, ou de qualquer outra data, que deveria ser embrulhado em papel brilhante, com fita cintilante, e doado àqueles que verdadeiramente amamos. E você, o que pensa?


"FELIZ ANO NOVO - Reflexões".

Fim de Ano, Início de Ano, momento bom pra festejar, abraçar amigos, cantar e cantarolar, deitar e rolar, enfim... SER FELIZ.

Também é momento de refletirmos sobre tudo que passou, que na verdade não passou, pois continua dentro de nós. Momento de pensarmos no futuro, no que virá pela frente. Muitos dizem “recomeçar”. Passagem de ano não é recomeço, é uma continuidade. Se fosse recomeço, reiniciaríamos o mesmo ano, o que realmente não ocorre, pois iniciamos um novo ano, em uma contagem sequencial. Então, o que podemos fazer em termos de “recomeçar”, é pensarmos sobre o que aconteceu até então e programarmos, aludindo ao que virá pela frente. Daí, deixo sugiro pensamentos que nos estimule a refletirmos sobre algumas situações que possam ocorrer em nossas vidas, desejando a todos “Feliz Ano Novo”.