paz_na_lua

 
Rejestracja: 2010-09-21
Ad infinitum
Punkty105więcej
Następny poziom: 
Ilość potrzebnych punktów: 95
Ostatnia gra
Mahjong

Mahjong

Mahjong
7 godzin temu

voltando a escrever

eu acredito no tempo, hoje, meio que artificialmente eu faço minha vida
uma música eletrônica
não quero contar qual é o meu fardo
mas quero que sejamos amigos
tomei remédios pra dor, e isso se chama fossa
dizem que Deus da e Deus tira
á possível viver de amor
eu vejo uma montanha, onde podemos ser puros e inpuros
é preciso have alma, naos coisas que você faz
mas penso que seja possível amar sem demonstrar, além das medidas
ou apenas pelo entendimento
a dor resolve nossos problemas

idéia

pq parece que vc perde energia quando faz algo bom?
bom, isso na verdade é uma ilusão, essa perda
somos todos uvas de um pomar, quando  alguém faz uma coisa boa todos se beneficiam com isso
bom, não se engane, o problema da ignorância causa um decréscimo de energia, na energia planetária
todo ato de bem que você faz,  para si ou para outro, ajuda a todos, ajuda o todo, todo o planeta
nunca abandone alguém que aparentemente te faz  mal, talvez vc seja o contraponto energético universal para aquela pessoa
há muita gente que faz o ''mal'' inconscientemente, e veja bem, o mal é  subjetivo
de certa forma tudo o que não é essência divina pode ser dito como ''mal''
mas como tudo é  emanação dela, (isso) pode ser visto naturalmente
eu, você, tudo que exite, é a mesma coisa
well, talvez, no início era algo chamado mônada(unidade), que se divide em grupos e há alguma aparente separação
mas estávamos aqui, todos, no início, se é que houve um início
na verdade tudo sempre existiu, e sempre vai existir como  sempre existiremos por e para toda a eternidade
''nada que foi criado deixa de existir'' provavelmente sempre existiu

se vc pudesse abrir(observar) a sua sua cabeça veria que ali há muitas frequências de pensamentos(ondas)
alguns são e alguns não são seus
existe muita comunicação a todo instante
quem te cativa ou te facina
pode ficar ali, e pode ser que estejam ali
tem entidades que se ligam  pelos  motivos mais absurdos ou diferentes
isso pq a experiência humana possibilita muita diversidade

inveja, malícia ou intrigas devem ser motivos a serem deixados de lado
embora, tudo, seja de certa forma, uma tentativa de amar
devemos nos ligar uns aos outros por pensamentos elevados
não estou dizendo para extinguir seus pensamentos de padrão vibratório mais baixo
procure dar um destino amigável, benéfico para eles
e sempre é possível selecionar
talvez se pergunte, "por que eu estou pensando isso?"..
no final é tudo resultado de concepção( você cria o seu universo)
o seu espírito(chama) emite um tipo de intensão e você cria
as vezes nem sabemos o que nos motiva, o que nos inspira ou as "companhias" que temos ao nosso lado
bom, existem agentes evolutivos e não, existem até agentes anti-evolutivos

Sejamos Capazes de Enxergar

Sejamos Capazes de Enxergar


--------------------------------------------------------------------------------


Não fales das flores se não sabes enfrentar tempestades, nem te compares às rosas se temes teus próprios espinhos.

Não cantes a mansidão dos rios se apenas te encantam as águas límpidas e se não consegues enxergar a beleza das que são turvas e poluídas.

Não enalteças a grandiosidade do Sol se não suportas as nuvens escuras, nem glorifiques o claro azul do céu se te apavoram as horas de escuridão.

Não discurses sobre a força e a majestade das árvores se não és capaz de vergar-te ante fortes ventos, nem romantize sobre as folhas que caem no outono se não sabes lidar com tuas quedas e com as estações da Vida.

Não componhas trovas para os mares se não tens força para receber barcos poluidores, para abrigar tubarões assassinos, para compreender que dejetos fazem parte do Grande Verde.

Não alardeies admiração pelos animais se ainda temes ser extinto pela tua própria espécie, se ainda não aceitas que tu és um deles e que podes fazer muito mais pelo teu habitat.

Não saias, maravilhado, apontando as distantes estrelas se não consegues enxergá-las dentro do coração daqueles que te cercam, se não és capaz de vê-las iluminando e orientando o teu céu interior.

Não rendas graças a Deus pelo tanto que possuis se ainda não vês que Ele te deu tudo de que precisas para crescer, agigantar-se, evoluir e também ser um deus na terra dos homens.

E, sobretudo, fala o mínimo de ti, enquanto não assumires quem realmente és.

Dispõe-te a encarar-te, a enxergar-te sem medo, sem máscaras, sem mentir a ti mesmo.

Se conseguires, aí sim, poderás dar glórias a Deus e a toda Sua Criação, porque O verás refletido dentro dos teus próprios olhos.

SILVIA SCHMIDT

LO SABRE

a vida merece um grande não importa, e não interessa
não importa se eu uso vermelho, preto ou azul
e para a alegria de muitos ou poucos, ela não vale nada
sim, morrer é uma maravilha
sim, eu apóio fazerem creditos sem limites
pense comigo
você é o ar
você não aspira o ar, ele entra no seu pulmão


Um Pouco de Humanidade


Muitas vezes, pela busca da paz, ou talvez, de um estado de espírito perfeito...
coisa que neste mundo é observamente inconcebível para mim...
premeditamos sentimentos, que talvez, não sejam o que realmente estamos a desejar,
não são o que realmente buscamos e não são o que nos despertaria para a realidade.

Repito, talvez em outras palavras...nos enganamos em demasiado, muitas vezes,
insatisfeitos somos...busco, muitas vezes a visceralidade no dia-a-dia, nas coisas mais
comuns, mas isso não me parece certo...talvez, me pareça mais certo viver, como em uma guerra..
não pelo combate, não pelo orgulho de derrotar inimigos...eu sei, estamos longe disso,
mas talvez se fosse tudo mais real, aprenderiamos realmente, não fariamos apenas espectros
do que pode ser, ao analisar cada situação medíocre em nossas vidas, nos inxando para qualquer
coisa......

Acho, que talvez seja errado, querer se enxer de amor, sem poder vive-lo...como em uma guerra,
quando talvez, deva ter esse amor para com seu inimigo... sutação de prova, para misericórdia.

fazemos, creio não totalmente, enganações para nós mesmos...acho q talvez devemos procurar
parar de querer sentir sempre, de provocar tantas sensações, de ficar canalizando as coisas...
e cair de cabeça em algo absurdo, talvez seja melhor, esperar que aconteça da melhor forma,
certamente, haverá menos preocupação para vida.


Essas minhas palavras, só para deixar claro, estão mais sussetíveis ao erro do que ao acerto,
mas são idéias, até mesmo desconexas ao le-las...não quis junta-las, ajeitar coisas como essas
pois são parte de inspirações apenas, não são nem perto de serem boas idéias, e não estou escrevendo
para serem lembradas ou colocadas em prática...podem ser levadas antes como desbafo, de um homem que
pouco sabe, pouco é diante de tudo, mas ainda tem forças, e que para de escrever agora, para fazer
mais uso delas....como pelas idéias acima, pelo menos por um tempo, como teste...parar de tentar achar
o absolutamente correto para cada momento, parar de percorrer seu inventário de emoções convencionadas
parar de ser um ator, parar de ser falso, lutar mais, sangrar mais...mas sem procurar por isso
ficarei portanto, se acontecer.... vazio